Pular para o conteúdo principal

Postagens

Misterioso objeto isolado é investigado por astrônomos

Uma equipe internacional de astrônomos investigou recentemente um misterioso objeto designado CFBDSIR J214947.2-040308.9, a fim de tentar revelar sua natureza.

Infelizmente, ainda não sabemos do que se trata, mas supõe-se que ele seja uma massa planetária jovem e errante, ou uma anã marrom de baixa massa e alta metalicidade.

Os resultados de novas observações podem ajudar os cientistas a distinguir entre essas duas classes.

Dúvida

O objeto foi detectado pela primeira vez em 2012 por Philippe Delorme, da Universidade de Grenoble Alpes, na França, e seus colegas.

Na época, a equipe pensou que ele poderia ser um membro do grupo movente AB Doradus.

Após sua descoberta, foi classificado como um candidato a massa planetária isolada. No entanto, devido à falta de evidências convincentes para suportar a hipótese de que o CFBDSIR 2149-0403 se formou como planeta e posteriormente foi ejetado, não se pode excluir a possibilidade de que seja uma estrela anã marrom de baixa massa.

Complicação
Para caracte…

Vídeo: fotos de Júpiter em movimento

A sonda Juno, da NASA, fez imagens incríveis de Júpiter em julho de 2016, divulgadas recentemente.

Para nossa sorte, Sean Doran aproveitou essas imagens publicamente disponíveis e as costurou para criar um vídeo (ou animação) do sobrevoo da sonda pelo planeta. Gerald Eichstädt fez a coloração, e a música foi adicionada por Avi Solomon.





A missão

Lançada em 2010, Juno começou ano passado uma série que totalizará 12 órbitas em torno do maior planeta do sistema solar.

O trajeto selecionado para esta missão é uma órbita polar larga, passada na maior parte bem longe de Júpiter. No entanto, uma vez a cada 53 dias, a sonda cruza mais próxima da superfície do planeta gasoso, registrando dados e tirando fotos por duas horas.

Fazer o download dos seis megabytes de dados coletados durante este trânsito leva cerca de um dia e meio.

Fonte: ThisIsColossal

Estas gloriosas fotos de Júpiter vão te distrair de seu vazio existencial

Você está sendo assombrado por um tédio repentino? Preocupado com a infraestrutura desmoronando? Permita-me mitigar levemente seus problemas ao revelar algumas lindas imagens de Júpiter. Elas não vão resolver nada, mas podem ajudar você a seguir com o seu dia sem gritar com estranhos ou chutar lixeiras por aí.

A estonteante imagem com a cor melhorada acima, que estava em um release da NASA lançado nesta sexta-feira, é baseado em uma foto do polo sul de Júpiter capturada pela sonda Juno em 11 de dezembro de 2016. A câmera de cientistas cidadãos de Juno tem tirado lindas fotos do gigante gasoso desde que foi à órbita ao redor do planeta em Julho. As imagens são então lançadas para o público, que tem as transformado em peças ainda mais magníficas de arte espacial.
Aqui vai mais uma:



Imagem: arudelife/Juno Cam/NASA

E mais uma:

Imagem: NASA / JPL-Caltech / SwRI / MSSS / Roman Tkachenko

E MAIS UMA:

Imagem: Liroma-52/Juno Cam

Ok, sério, olha isso aqui:

Imagem: NASA/Juno Cam/Craig Sparks

Além …

As primeiras imagens da missão final da Cassini são incríveis – mas para o que estamos olhando?

Já era tarde da noite da última quarta-feira quando o pessoal do Deep Space Network recebeu um sinal da sonda Cassini enquanto ela emergia de sua primeira viagem na lacuna entre Saturno e seus anéis. Dos dados recebidos, vieram fotos do polo norte do planeta e o topo de nuvens a apenas três mil quilômetros de distância – nosso olhar mais perto da parte de cima da atmosfera de Saturno até o momento, onde a pressão é quase a mesma do nível do mar na Terra.

Os pesquisadores do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA estavam boquiabertos com os detalhes, mas eu tinha uma questão: como seria realmente visitar a parte mais alta dos céus de Saturno?

O que chamou a minha atenção de primeira nas novas imagens foram os pontos brilhantes cercando faixas finas em toda a superfície do planeta. Minha hipótese era de que eram potenciais cintilações de relâmpagos capturados pela Cassini, mas não. “Não capturamos nenhum relâmpago [na quarta à noite]”, me contou o professor da Caltech, Andy Ingersoll, es…

O Telescópio Hubble completou 27 anos e estas são algumas das fotos mais incríveis que ele tirou

Para muitos entusiastas, o Telescópio Espacial Hubble se parece mais como um amigo do que um pedaço de metal no espaço – um amigo que tem um emprego super legal. O telescópio, lançado no ônibus espacial Discovery em 1990, já enviou para a Terra algumas das imagens mais incríveis do universo – mais de 1,3 milhão de observações de planetas, galáxias e muito mais, tudo isso girando a quase 30 quilômetros por hora entorno do nosso planeta.
Ontem (24), o Hubble completou 27 anos, superando as expectativas mais otimistas da NASA por mais de uma década. Ele já tem idade o suficiente para votar, fazer apostas e até mesmo alugar um carro. Reunimos algumas das fotos mais atemporais do telescópio, que são mais do que um presente para nós:

Par de galáxias espirais NGC 4302 e NGC 4298
Imagem: NASA, ESA e Hubble  Heritage Team (STScI/AURA)
Esse plano detalhe de par de galáxias foi revelado no dia 20 de abril de 2017, a tempo do aniversário do Hubble. As galáxias – chamadas NGC 4302 e NGC 4298 – estão lo…

Planeta Nove: Astrônomos oficialmente encontraram quatro candidatos

Uma intensa pesquisa de três dias em busca de um planeta não descoberto em nosso sistema solar produziu quatro possíveis candidatos, relata o portal Futurism.com. A caça ao Planeta Nove foi parte de um projeto de ciência cidadã da Zooniverse, conduzido em tempo real com a transmissão do Stargazing Live, da BBC. O projeto foi realizado no Observatório de Siding Spring, da Universidade Nacional Australiana (ANU).

Cerca de 60 mil pessoas de todo o mundo participaram da pesquisa, que não só resultou em quatro possíveis candidatos para o Planeta Nove, mas também ajudou a classificar mais de quatro milhões de outros objetos. Os participantes trabalharam usando dados do telescópio SkyMapper do Siding Spring.

O projeto foi liderado pelo pesquisador Brad Tucker, da ANU, cuja equipe concordou que, independentemente de uma das quatro possibilidades ser, de fato, o misterioso Planeta Nove, o valor científico do projeto foi certamente comprovado. E outros pesquisadores concordam com o sentimento da …

Astrônomos podem finalmente ter feito a primeira foto de um buraco negro

Depois de cinco noites de observações, os astrônomos podem finalmente ter capturado a primeira imagem de um buraco negro.

Mais precisamente, o retrato esperado é de uma misteriosa região que envolve o buraco negro, chamada de horizonte de eventos – o limite para além do qual nada, nem mesmo a luz, pode escapar do gigantesco objeto.

A sensação de alívio dos pesquisadores ao finalizar a última rodada de observações veio com um misto de antecipação: tantos dados vão levar um bom tempo para serem processados. A equipe deve esperar meses para descobrir se seu enorme esforço foi realmente um sucesso.

A rede de observações

Chegar a esse ponto levou anos de planejamento e cooperação entre parceiros internacionais em observatórios que se estendem desde a montanha mais alta do Havaí até o terreno congelado do Polo Sul. Esta rede ligada eletronicamente de oito observatórios criou um telescópio virtual tão largo quanto todo o planeta.

Conhecido como o Telescópio do Horizonte de Eventos, a rede abriu o…